terça-feira, 16 de setembro de 2008

Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa?

Não se sabe agora quando Ana vai dar mais atenção para o mar. O mundo chamou-a para a obrigação e o desprezo, sendo que perto do mar ela nunca teria nada disso. O mar agora não terá a quem entregar seus encantos e segredos.

Ana se foi e o mar não poderá fazer nada para mudar esse fato. Ele é estático, imóvel, incoerente. Nunca terá coragem de na ressaca alagar todo o mundo que faz mal à sua amada e trazê-la de volta pra si. Nunca terá coragem de derrubar um só casebre para ir atrás de Ana. Agora, ele se guardará numa profunda tormenta, onde ninguém ousará em chegar perto nem ao menos de sua margem. Covarde, ele não deixaria ninguém desbravá-lo e descobrir o porquê dos tesouros inatingíveis.

Talvez Ana corra o mundo e encontre algo coisas mais belas e atraentes. Talvez ela se perca no que os homens chamam de vida. Talvez ela esqueça que o mar exista. Mas ele sempre estará lá... Quando Ana descobrir que o mundo só quer que ela seja mais uma, ela voltará para o mar e se afogará no seu carinho e amor que é somente dela.

P.S.: ♫ Ana e o mar... mar e Ana
Todo sopro que apaga uma chama
Reacende o que for pra ficar ♫

Deus te ouça, Anitelli!

3 comentários:

Guilherme Crubellati disse...

Precisa comentar algo, Hyst?
Mais um texto muito bem feito! Não o entendi de primeira, mas eu gostei dele!!!
Eu preciso escrever algo, faz 2 semanas já >_<

Bjo Hyst, amo ocê *-*
=**

Hapless Child. (Aoyagi Lee)' disse...

Inicialmente tbm assim como o cara ae de cima.. nao entendi o texto.. mais depois vendo bem, consegui entender, ou acho que entendi =P
Enfim, foi uma boa obra =D
Tenha um ótimo dia, dénha.
Kissu ~
(L)

A escritora disse...

de alguma forma meio insana, esse texto me fez lembrar da história "A pequena sereia".
Não da história bonitinha da Disney, em que a serei fica com o príncipe, mas sim a história original, na qual o príncipe se casa com outra mulher e no amanhecer do terceiro dia a seria se transformou em espuma do mar...

Em terra ela era só mais uma; apenas mais uma moça bonita. No mar ela era um dos tesouros escondidos pelo oceano.

Sua ida pra terra foi sua condenação.; mas ao morrer...uniu-se ao mar,retornando a sua essencia e tornando-se um unico ser com o seu verdadeiro e extremo amor: seu lar