domingo, 14 de março de 2010

Ruminando...

- Por que eu atraso pras coisas realmente necessárias e chego cedo nas supérfluas?

- Por que agora eu tenho mania de colecionar fotos 3 X 4?

- Por que eu sinto nojo de pessoas que compram só por comprar, mesmo sabendo que aquilo pode estar suprindo alguma atenção que lhe falta?

- Por que muitos acham que eu faço muito e eu acho que faço tão pouco?

- Por que meu orgulho é tão grande que me deixar passar vergonha às vezes?

- Por que pra mim é tão difícil dizer que amo alguém?

- Por que eu me sinto triste quando menstruo, já que ali é metade de um possível ser humano, e dificilmente haverá um homem que se sente triste quando libera milhões de espermatozóides à toa?

- Por que eu fiquei calada por tanto tempo, quando minha palavra poderia ter mudado totalmente o rumo das coisas?

- Por que eu ainda me pergunto tolices?

- E por que eu não sei responder essas tolices?




Deus, me desculpe, mas estou tentando me entender primeiro pra depois te entender melhor. Sei que esse é o único meio de fazer isso, mas sua filha aqui é meio lenta. Com paciência, ainda vou te mostrar que sirvo pra alguma coisa. Continue assistindo.

3 comentários:

FERNANDA disse...

Genial como tu expressou tuas crises existenciais, me vejo um reflxo de ti porque sou muito severo comigo mesmo e me cobro demais por coisas que a maioria da humanidade pouco tá se fodendo. Mas essa é a diferença de quem tem uma mente evoluída e de quem tá só " passando aleatoriamente " pelo mundo.

Vc é fera Isoldinha, sou seu fã!

Rafaela Rocha disse...

Gente, amei amei amei *-*

Creso Azgarth disse...

aehauihaoieuheauiea
gostei! :D